quinta-feira, 19 de maio de 2011

INCERTEZA

Seria estranho eu dizer que o que eu sinto não é amor, se o que me angustia é poder imaginar você com ela,teria duas escolhas ou a nossa amizade ou a minha e a dela, posso escolher e sair sem um dos dois, mais eu prefiro que apenas eu saia desta batalha machucada, posso me machucar o bastante e pedir a morte, mais não acredito comete la já que muitas vezes eu pedi.
Meus sonhos são construídos em cima do que você vai achar, de uns meses pra cá me preocupo mais com o que você vai achar das minhas atitudes do que eu mesma, eu sempre pedi e procurei alguém que fosse assim como você, alguém poderia mil vezes me falar que você não é nada daquilo que aparenta ser mais eu não teria esforço algum de não acreditar já que você é tudo que me mostrar ser.
Eu me acostumo com seus defeitos,com suas manias, eu suporto a sua tirania, tudo porque o que eu sinto é amor.queria ter menos medo do que sinto, queria ter a coragem de anos atras de falar que eu sinto, sabendo que hoje você é meu amigo mais que poderia ser meu homem,poderia realizar meus sonhos, poderia me ajudar a vencer, poderia me puxar a orelha por besteiras, eu queria compartilhar a minha vida com você, eu queria fazer das nossas vidas uma só.você toparia?
Essa será uma duvida eterna na minha cabeça, na minha vida, porque? Porque eu posso ser idiota o bastante em não arriscar em te ter, mais sou esperta o máximo para saber que uma amizade vale mais que qualquer coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário